BritainsSoTalented 11 de abril de 2009

16-04-200912:15h

Voz de Susan Boyle arrasa na Internet

A prestação da inglesa no «Britain’s got talent», um programa de caça talentos musicais, está a fazer furou no Reino Unido e no Youtube

Para ver e ouvir clique AQUI

Anúncios
Explore posts in the same categories: Uncategorized

One Comment em “BritainsSoTalented 11 de abril de 2009”

  1. amélia Says:

    “Susan Boyle (o dia nem tinha começado para mim) e meus olhos ainda sensíveis à luz fitaram aquela mulher de 47 anos (até pareciam ser alguns mais), desempregada, sem namorado, de pé dizendo que ia cantar.A plateia riu debochada desdenhando da sua aparência, da sua idade maior do que a maioria dos caloiros, pensavam que ela era só mais uma daquelas “freaks” (que é a palavra em inglês usada para humilhar as pessoas, para chamá-las de estranhas, de aberração, de anormais). E a miopia emocional humana, ao ver aquela mulher simples, soltou um murmúrio de incredulidade que percorreu friamente todo o auditório, incluindo o júri. Mas quando ela cantou “I dreamed a dream” do musical “Les miserables” todos ficaram arrebatados…e eu, eu chorava muito, porque vi nela tantas pessoas, sonhadoras, tantas mulheres que merecem amar e vencer…eu vi nela o símbolo verdadeiro do que é ser um ser humano…. quando estamos falando de arte, e de sobrevivência, o ser humano pode tudo.Meu Deus como eu chorava. Ao fim da canção eu estava até meio fora de mim, quando ouvi o jurado dizer “Quando você entrou aqui, todos riram; agora ninguém mais está rindo. Estamos todos impressionados”.
    Há dez anos tem como companheiro, apenas o seu gato “Peebles”. Nunca teve namorado, não era socialmente aceita no colégio. Caçula de uma família de nove irmãos, Susan nasceu de um parto complicado em que sofreu falta de oxigenação, deixando-a com uma grave sequela: dificuldades de aprendizado. Por conta disso, tornou-se alvo de chacotas e brincadeiras maldosas de outras crianças quando frequentava a escola. Cresceu, envelheceu e teve na música o seu único alento na vida. Porém, com problemas de auto-estima, nunca apostou em seu talento natural. Inscreveu-se, enfim, para participar do programa dois anos após a morte de Bridget, sua mãe, em 2007. A mãe era fã do programa e dizia que, se um dia Susan fizesse sua inscrição no reality show, seria vencedora. Disse Boyle: “Eu nunca acreditei que era boa o suficiente. Foi só após a morte de minha mãe que tomei coragem para fazer minha inscrição. Foram tempos difíceis, sofri de depressão e ansiedade. Mas após a escuridão vem a luz. Queria que minha mãe tivesse orgulho de mim, e a única maneira de fazer isso foi correndo o risco de participar do show” “


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: